sexta-feira, 30 de julho de 2010

NOTÍCIAS DO FRONT: MANIFESTAÇÃO DO PET NA PALESTRA DO MINISTRO FERNANDO HADDAD NA SESSÃO FINAL DA SBPC




O Ministro Fernando Haddad, que é o responsável direto pelas Portarias que destroem a essência do PET stricto sensu (criado ha 31 anos), está com dificuldades em sua palestra na sessão final da 62a. SBPC uma vez que a plenária se encheu de petianos e tutores com faixas denunciando o atentado patrocinado por ele contra o Programa de Educação Tutorial.

A SESu, que talvez tenha trabalhado até contra o Ministro, informando-o equivocadamente, deve cair imediatamente, posto que rifaram a História e a representação cenapetiana.

Houve empurra-empurra porque a segurança queria impedir a entrada ordeira dos petianos. Houve até ameaça de se chamar a Polícia Militar, mas graças a uma negociação rápida mas tensa, foi permitida a entrada das centenas de jovens e professores do PET.

As fotos acima mostram, ainda que palidamente, o clima cívico que vigora aqui e agora no anfiteatro da Reitoria da UFRN em Natal-RN.

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns a todos os petianos presentes pela boa luta que travaram. Foi realmente um exemplo de civismo. Mas a luta continua! Vamos seguir mobilizados!

Luciano Agostini - Tutor PET Computação UFPel

JRibamar disse...

Imaginem numa indústria de alta produtividade, de uma hora para outra o dono optasse por "RENOVAR" toda a empresa tirando da linha de produção a experiência adquirida por longos anos pelos funcionários. Será que a "renovação" representaria sucesso na produção, apenas com os novos funcionários? Quem os treinariam? Do mesmo modo é que vejo o PET. Ele necessita da experiência dos tutores profundos conhecedores do programa, sem os quais certamente não haveria PET hoje. Creio que o Ministro terá a devida sabedoria para observar a importância de manter os bons tutores à frente do programa, o tempo necessário para que uma nova geração de tutores ganhem experiência para manter vivo um programa tão importante para o ensino de graduação do país. Não sei como alguns pró-reitores não valorizam a contribuição do PET na universidade brasileira.
Segunda-feira pela manhã terei uma reunião com o Pró-Reitor de Graduação (Renildo Moura) para manifestar-se quanto ao seu posicionamento no ForGRAD.