sexta-feira, 15 de julho de 2011

DO PET, DO CONEXÃO-SABERES, DAS FRAGILIDADES POLÍTICAS E DA VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL DO MEC


É preocupante o que está ocorrendo hoje com o PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL (PET). Com as edições draconianas pelo MEC das Portarias 975 e 976/2010, o Governo Federal, respondendo à continuidade das ações ministeriais do falecido ex-Ministro Paulo Renato Souza, conseguiu destruir, com uma cajadada (ou “portariada”) só, dois Programas bem estabelecidos: PET (lotado na SESu) e CONEXÃO-SABERES (SECAD).
Infelizmente, com uma representação, desde julho de 2010, via CENAPET que aposentou um histórico de resistência e construção, optou-se pelo caminho do “diálogo” travestido de monólogo-monolítico do MEC-SESu.
Nunca antes na história deste movimento de resistência passamos por um ENAPET tão autista e descolado da comunidade acadêmica quanto este. Pautado pelo “diálogo” sesusiano, a administração da CENAPET aceitou a amarra forçada do PET com o CONEXÃO-SABERES, mesmo sabendo que este abuso de autoridade destruiria os dois programas. Aceitou passivamente a rotatividade de tutores, desconsiderando estudos já realizados de que existe uma rotatividade natural e que algo assim seria inconcebível em qualquer outro programa (vide, p.ex., o programa de produtividade do CNPq – lá ninguém daquele Ministério seria louco o suficiente para desdenhar do mérito e impor rotatividade e “possibilidades de oportunidades” para pesquisadores).
O que mais chamou a atenção neste ENAPET 2011 foi a total ausência de moções pró-PET submetidas à Assembléia Geral da SBPC. O fato mais estapafúrdio foi um dos Diretores da CENAPET agradecer publicamente ao Ministro Fernando Haddad pelo que “construiu” no último ano ... Para consolidar esta estupefação, some-se a total ausência de petianos e de manifestação que sempre caracterizou a exitosa simbiose ENAPET-SBPC durante a palestra do Ministro FERNANDO HADDAD. Mais: a total ausência da CENAPET no evento comemorativo dos 25 anos da ANPG.
Estamos diante de uma encruzilhada, onde dois excelentes Programas estão sendo rapidamente destruídos!
A política do MEC para o PET hoje se iguala à do falecido ex-Ministro da Educação Paulo Renato de Souza quando quis substituir o PET por um Programa efêmero, irrelevante, desnecessário. Lutamos contra isso e contra a extinção do próprio Programa. No entanto, assistimos aterrorizados e passivamente a destruição iminente do PET (e também do CONEXÃO SABERES), embriagados pela ilusão do diálogo-monólogo.
Os lócus destes Programas (SESu-SECAD) estão despreparados para a tarefa que impuseram de um casamento nada arranjado (em “casamentos arranjados” as famílias, pelo menos, se conhecem ...). Não há estrutura para a construção. Mas estrutura para o “diversionismo”, ahhh, isso existe!
É preciso reencontrar a RESISTÊNCIA!
É preciso resgatar a ESPERANÇA!
É preciso mudar! Muda Brasil!

Um comentário:

CURSINHO CONEXÕES DE SABERES disse...

Queridos, o nome correto do Programa é Conexões de Saberes. rsrs

Mas a questão é que ficamos perplexos ao ver uma situação que não consigo nem descrever para vocês. (Pareciam verdadeiras marionetes sendo manipuladas)

UFMS