sexta-feira, 5 de outubro de 2012

AINDA SOBRE OS LIMITES DA ÉTICA


O"Ultra-Portal" (tsc tsc tsc ...) da CENAMEC revela que levará uma carta ao Secretário da SESu, Sr. Amaro, para ciência dos "graves fatos" que instabilizam o Programa. Para quem está de fora de todo o processo, isto parece coisa séria, de pessoas realmente interessadas em mudanças.
No entanto, os fatos desmentem as versões!
Quando o jornal ESTADO DE S.PAULO publicou uma excelente matéria sobre os problemas do PET em 08 de junho do corrente ano (disponível em: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,mec-atrasa-r-11-milhoes-em-verbas-de-apoio-para-programa-de-graduacao-,883800,0.htm ), está claro ali duas evidências:
i) o Presidente da CENAPET, hoje CENAMEC, fugiu do jornalista. Diz o jornal: "após combinar que só daria entrevista por email, o presidente da Cenapet não respondeu às duas mensagens encaminhadas."
ii) Prossegue a reportagem: "Alguns [tutores] só fazem elogios. Segundo [uma tutora], ..., o programa está atingindo o seu objetivo de formar com mais qualidade. 'Existem erros, mas muitos acertos', não cansa de repetir. Ferrenha defensora, ela nega a existência de problemas que o próprio MEC admite."
Pois bem, a existência de provas substanciais de que o diálogo MEC-CENAMEC se dá em nível de pessoalidades (trocas de emails pessoais, com afagos: "abraços", "beijos", "estou preocupado com você" etc.) e com mancomunações (como, p.ex., "poupar" o presidente da CENAMEC de compor Comissões governamentais, mas admitir que os membros da CENAMEC participem, para simular "isenção"...), incluindo, como decorre do item (ii) da reportagem do ESTADÃO, o fato de que uma professora que, a despeito de todo o papel protagonista que teve sobre uma cassação política de tutor, continua não somente prestigiada, mas PRESTIGIADÍSSIMA, na SESu. Este "ato de ofício" foi responsável pelo exclusão do tutor na UFRJ, pelo cancelamento das bolsas de seus doze orientandos e pela extinção do grupo, além, do pagamento de um ano de bolsa-tutor para quem nunca foi tutor.
Ou seja, um grande escândalo que faz sangrar o PET e sua representação deturpada pela "conciliação" que entregou o Programa aos seus algozes!
Porém, o teatro continua ... e o escândalo, também!!!
Vamos ficar parados, recebendo nossas bolsas e preenchendo formulários?!? Nos transformaremos em funcionários kafkianos ou zumbis vagando pela terra destroçada do PET?!?
Consultem, para quem ainda tiver, suas consciências!
(ver também:
http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,tutor-polemico-passa-por-processo-atipico-de-expulsao-,883804,0.htm 

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,pet-determinou-minha-vida-pessoal-e-profissional-,883796,0.htm )




Nenhum comentário: