quinta-feira, 20 de maio de 2010

FNDE EM GREVE



Do jornal O ESTADO DE S. PAULO:


Dois importantes braços do Ministério da Educação (MEC) estão parados desde o dia 26 de abril e sem previsão para retorno. Os funcionários do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) estão em greve pela reestruturação dos planos de carreira.
Os dois órgãos são autarquias do MEC. O Inep é responsável pelas avaliações educacionais como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Segundo o MEC, a paralisação dos funcionários não irá alterar o calendário das provas, previstas para novembro.
Segundo Alessandro Borges, do comando de greve do Inep, existe hoje no órgão “duas carreiras de nível superior que desenvolvem um trabalho igual, mas recebem tratamento salarial diferente”. Os funcionário também querem melhorias no vencimento inicial dos concursados de nível médio.
Já o FNDE responde pela transferência de recursos para municípios por meio de programas como o da merenda e do transporte escolar. Também organiza a distribuição de livros didáticos para todos alunos da rede pública.
O MEC disse que não irá se pronunciar sobre o assunto porque as negociações estão sendo feitas com o Ministério do Planejamento.

25 comentários:

Iara Francielly*) disse...

É MAIS ELES DEVERIAM AO MENOS PENSAR NAS OUTRAS PESSOAS QUE DEPENDEM DELES PARA ALGO!!!

Marcello disse...

demissão por justa causa para os grevistas já!

Anônimo disse...

Nossas bolsas dependem desse setor para cair em conta e precisamos dele para sobreviver.Essa greve já está se tornando abusiva.As autoridades que tomem as providências.

Anônimo disse...

Eu to com fomeee!! Preciso dessa bolsa para comprar comida... Por favor depositem ela!!

Anônimo disse...

BOLSISTAS QUE "SE RALEM"!!! Não precisamos prestar serviço de qualidade aos alunos mesmo!!! Mais 1 mês sem receber. Não precisamos comer, não precisamos pagar transporte, não precisamos da bolsa!!! E as autoridades não fazem NADA... ABSOLUTAMENTE NADA! E nós que experimentemos não ir trabalhar por falta de dinheiro pra pagar transporte... Com certeza advertência e encerramento de contrato. ABUSO É OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO NÃO DIVULGAREM O QUE ESTÃO FAZENDO CONOSCO.

Anônimo disse...

ESSA GREVE, TEM SIM SUAS RAZÕES. O QUE OS GREVISTAS TAMBÉM NÃO PODEM SE ESQUECER É QUE, AO FAZER UMA PARALISAÇÃO ELES CONTRIBUEM PARA PARALISAR OS PLANOS DE MILHARES DE ESTUDANTES QUE DEPENDEM, MERECIDAMENTE, DIGA-SE DE PASSAGEM (POIS TRABALHAM, SE ESFORÇAM E PRESTAM CONTAS ANUALMENTE DE TUDO AQUILO QUE FAZEM), DAS BOLSAS PARA CONTINUAR ESTUDANDO E RENDENDO BOAS IDEIAS E TRABALHOS. GREVISTAS, POR FAVOR, PENSEM TAMBÉM NAQUELES QUE, DIFERENTEMENTE, DE VOCÊS CLAMAM POR 300,00.

Anônimo disse...

PESSOAL,
ACHO QUE NÓS TUTORES DA UAB/BRASIL DEVEMOS ARTICULAR UM MOVIMENTO DE PARALISAÇÃO DAS TUTORIAS.
ISSO É UM ABUSO. TODOS NÓS SABEMOS QUE PARA SER TUTOR TEM QUE TER INTERNET 24HORAS. AGORA ME DIGAM COM QUE DINHEIRO A GENTE PAGA A CONTA????
VAMOS PARALISAR? ALGUÉM PODE CRIAR UMA COMUNIDADE NO ORKUT OU ALGUM FÓRUM PARA DISCUTIRMOS O ASSUNTO?
PARALISAÇÃO JÁ!!!

Anônimo disse...

Ola a todos.
Encaro a greve como um movimento legitimo para por fiz as mazelas e desmandos de opressores.
Acho que a paralização da maneira ora proposta não diferencia em nada da politica proposta pela direção do Fnde com seus funcionários.
Estudantes, bolsistas , tutores, alunos que necessitam de repasse de recursos para merendar estão sendo vitimas. Fizeram com estes o mesmo que estão fazendo com eles (os grevistas), sem consideração. Ao não remeter espécies aos bancos, não pensaram nas consequências de suas atitudes.
Pergunto.
Sera legitimo um movimento grevista onde a parcela mais precisada e menos favorecida arca com as consequências ?
Esta greve assim configurada irá atingir os responsáveis pélas diretrizes politicas deste órgão?

Paulo César disse...

A greve dos servidores do FNDE e INEP é uma greve justa e legal, logo não há o que se falar em demissão, pois nós vivemos em Estado Democrático de Direito, o que quer dizer isso, que as normas ditam o que ou como as coisas têm que ser feitas em sociedade e para a greve existe uma Lei de Greve (lei 7.783/89, então se o renomado bolsista a conhece-se não faria um comentário tão impróprio a ponto de pedir demissão por justa causa para os grevistas...

Paulo César disse...

A greve dos servidores do FNDE e INEP é uma greve justa e legal, logo não há o que se falar em demissão, pois nós vivemos em Estado Democrático de Direito, o que quer dizer isso, que as normas ditam o que ou como as coisas têm que ser feitas em sociedade e para a greve existe uma Lei de Greve (lei 7.783/89, então se o renomado bolsista a conhece-se não faria um comentário tão impróprio a ponto de pedir demissão por justa causa para os grevistas...

Anônimo disse...

Só tenho uma coisa a dizer:

FUCK YOU SO MUCH FNDE !!!!!
Gente egoísta que só pensa neles mesmos fazendo uma merda de greve que fode com um monte de gente que num tem nada a ver com essa putaria.
Só sei que minha conta bancária está com -250,00 e estou pagando juros e quando essas bichas saírem desta bendita greve de bosta pagam a merda dos 300,00 (sabe-se lá quando) e que pra eles num fazem a menor diferença porque é muito menos que 10% do mega salário deles sem juros algum. Enquanto isso o banco sorri e eu choro! PQP que país democrático!

Anônimo disse...

Só uma coisa a dizer:

FUCK YOU FUCK YOU VERY VERY MUCH FNDE !!!
Faz essa greve de merda fudendo os pobres coitados que contam com seus miseráveis 300,00 pra sobreviver, mas ja que num chega nem perto de 10% do salário de vocês, que se explodam os estudantes!
País muito justo este, muito democrático! Enquanto a gente paga por uma coisa que não temos nada a ver, minha conta bancária ta lá com -250,00 comendo juros, e quando esses putos do FNDE resolverem pagar a gente, num quer nem saber de juros!! Nisso o banco só ri da minha cara enquanto eu choro dependendo desta miséria!
PQP q orgulho do país democrático que temos!!!

Anônimo disse...

Só uma coisa a dizer:

FUCK YOU FUCK YOU VERY VERY MUCH FNDE !!!
Faz essa greve de merda fudendo os pobres coitados que contam com seus miseráveis 300,00 pra sobreviver, mas ja que num chega nem perto de 10% do salário de vocês, que se explodam os estudantes!
País muito justo este, muito democrático! Enquanto a gente paga por uma coisa que não temos nada a ver, minha conta bancária ta lá com -250,00 comendo juros, e quando esses putos do FNDE resolverem pagar a gente, num quer nem saber de juros!! Nisso o banco só ri da minha cara enquanto eu choro dependendo desta miséria!
PQP q orgulho do país democrático que temos!!!

Max Faria disse...

Em cursos de Ensino à Distância, muitos profissionais dependem de bolsas de estudo que são administrados pelo FNDE, ou seja, com essa greve simplesmente ninguém recebeu. Na minha visão quer fazer greve que faça, mas o que não pode é prejudicar centenas de pessoas que precisam destas bolsas...ABSURDO!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Se fosse professor em greve já tinham cortado os salários. É uma avacalhação!

Anônimo disse...

É fácil fazer cometários como esses, sem conhecimento de causa... mas uma coisa pode ser percebida, o orgão e priomordial para os estudantes, então pq julgar sem saber dos fatos...no FNDE os servidores não são valorizados, recebem salários abaixo do mercado de trabalho...funcionário com 25 anos de profissão ganha em torno de R$3.000,00, a maioria não tem condi~es d pagar um plano de saúde, o vale alimentação e de R$160,00, compare com os outros orgão...conheça depis julguem...e querem saber mais pode ser verificado quase todos os dias ha plantão...temos que ficar sempre trabalhando sem nada receber de hora extra, para que seja liberado os 20.000.000,00 de orçamento que tem com o numero de hj 300 funcionarios.. Natal, Ano Novo, sempre o setor financiero esta trabalhando...sem tregua...pensem e sejam tolerantes...precisamos do apoio da sociedade...obrigada

Anônimo disse...

FNDE com certeza tem seus motivos para greve,mas ainda preciso pagar minhas contas e elas estão começando a ter juros já.Em um mes degreve ainda nao solucionou nada ? 3mil pode ser um salário baixo por tantos anos de trabalho,mas eu estou precisando e mto de apenas 300 reais q vcs pagam.
Acho bom q essa greve acabe logo senao vai ter gente passando fome por culpa dela(e não é exagero).

Anônimo disse...

sem querer dizer que estou com fome... apenas que estou esperando receber por um serviço que já prestei e continuo prestando. O que falta? Acrtedito que falta mesmo é bom senso.De quem? Permita se olhar num espelho e veja quantas vezes vc pode ter contribuído para esse estado de coisas, num momento em que as circunstâncias eram favoráveis à vc!

Anônimo disse...

Pois bem, vejam essa agora:

Após duas semanas de atraso no pagamento das bolsas, a UAB/UnB entrou em contato diretamente com a ASCOM (Assessoria de Comunicação) do FNDE nessa quarta, 26 de maio. Questionados sobre o atraso no pagamento de bolsas, o FNDE respondeu que não há relação com a greve. Segundo Leandro, da ASCOM, o problema na distribuição de recursos se deve a questões operacionais e o pagamento deve ser feito em no máximo duas semanas. Relembrou ainda que problemas parecidos já causaram atrasos maiores nos pagamentos e que o FNDE repassa recursos não só para a UAB, mas para todo o Brasil.

O FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento para a Educação) é uma autarquia do Ministério da Educação responsável pela transferência de recursos. Os funcionários estão em greve desde o dia 26 de abril pela reestruturação dos planos de carreira.

Alguns outros comentários
http://www.nota10.com.br/noticia-detalhe/1668_Servidores-do-Inep-e-FNDE-podem-terminar-greve-hoje

Anônimo disse...

Olá!
Gostaria de saber por parte do FNDE se existe previsão para se terminar a greve. Desde já agradeço a atenção.

Anônimo disse...

Estou alfabetizando ha 3 meses através do TOPA e até agora não recebi nenhum centavo. Antes da greve começar nos comunicaram que alguém tinha morrido, justamente quem assinava a liberação dos nomes dos alfabetizadores. Dizem que o dinheiro ja foi liberado mas os nomes não. Espero que os funcionarios do FNDE e o Planejamento sejam sensatos e tentem entrar logo num entendimento. A fome está batendo na porta de muita gente que não tem sindicato e talvez nem Deus.

Anônimo disse...

É estranho como nesse país todo mundo se sente no direito de defender seus direitos, mas não pensa que o ouro tem seus direitos. Os funcionários do FNDE têm direito de reivindicar direitos, mas e o direito dos que dependem de bolsas,onde fica? Quem vai defender seus direitos? É justo que milhares de pessoas paguem o preço de baixos salários ou coisa semelhante desses funcionários? Eles têm seus direitos e seus instrumentos de pressão, tem um sindicato, etc.? E nós o que temos? O descaso deles? Será que não haveria uma forma de pressionar sem prejudicar quem depende desse dinheiro? É ético milhares pagarem por alguns? As bolsas do FNDE tem reincidido em atrasos. Será que temos que pagar por mais um caso que foge à nossa competência? Apelo ao bom senso! Se há direitos que devem ser defendidos por parte dos funcionários desse órgão, há também com a mesma relação de importância direitos daqueles que estão na ponta fazendo valer as ações pensadas e fincanciadas pelo poder público federal. Há muito investimento público, pago por nós contribuintes, para colacar a eficácia desses programas em risco. O funcionário público têm também deveres consistentes de defesa do patrimônio e investimento público; mais precisamente, têm deveres com os cidadãos. Isso não pode ser esquecido. Essa greve tem demonstrado falta dessa compreensão. Não defendo demissão por justa causa, nem retaliação, mas sim sensibilidade . lembrem-se os supracitados funcionários que eles poderão reivindicar melhorias na carreira ao longo de muito tempo, conquistando paulatinamente direitos. Nós, ao contrário, somos apenas cordeiros mudos, cuja força de reivindicação é praticamente nula. Parece que é nisso que esse pessoal está se sustentando. Nada podemos fazer. Não temos força de pressão, mas somente a fome, o nosso nome manchado, acusações de inadiplência,etc.
Consciência, gente! Direitos com consciência! Será que não dar para pensar assim?

Anônimo disse...

Simplesmente...uma vergonha!

Anônimo disse...

MAIS DE 60 DIAS DE GREVE, PONTO CORTADO, PAD, CONFUSÃO. ESSE NÃO É O CENÁRIO QUE UM SERVIDOR DESEJA VIVER. MAS FOI A ULTIMA FORMA DE SE LUTAR CONTRA A OPRESSÃO DE QUE SOMOS VÍTIMAS. SOU SERVIDOR, TENHO ORGULHO DO TRABALHO QUE FAÇO, JUSTAMENTE PORQUE QUERO SEMPRE FAZER O MELHOR PELA SOCIEDADE DE QUE FAÇO PARTE. PARA CONTINUAR, PRECISO LUTAR POR UMA CARREIRA DIGNA, QUE ME PERMITA PERMANECER NO EXECUTIVO E CONTINUAR O MEU TRABALHO COM SERIEDADE E MORALIDADE.

Anônimo disse...

Dizem que os salarios do Projovem URBAno no Maranhão esta atrasado por causa da greve do FNDE, nãO temos culpa por isso!!!!!!! Resolvam já esse imbróglio!!!!!