domingo, 30 de maio de 2010

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA REABRE NEGOCIAÇÕES COM FNDE


Ontem, o secretário Nacional de Articulação Social substituto da Presidência da República, João Bosco, recebeu os representantes da CUT-DF, Cleusa Cassiano, da Condsef, Roberto Glauber – ambos diretores do Sindsep-DF –, e dos setores em greve (MMA, Ibama, Instituto Chico Mendes, SFB, MTE, INEP e FNDE) para discutir uma solução para o impasse causado pelo próprio governo nas negociações.Depois de ouvir as reivindicações de cada categoria e as reclamações sobre o tratamento que o Planejamento vem dispensando aos servidores em greve, Bosco se comprometeu a buscar formas de resolver a questão. Os servidores reafirmaram não acreditar que o Planejamento reúna no momento as condições para superar o conflito, sendo necessário um diálogo direto com a Presidência da República.

Fonte: Diário da Greve

(NOTÍCIAS DA GREVEM EM: http://www.sindsep-df.com.br/ )

2 comentários:

Fernanda disse...

É triste perceber que a luta pelo PET que queremos teve pouquíssimas conquistas ao longo dos últimos anos...
Acredito no direito a Greve, mas acredito também no nosso poder de mobilização e pressão sobre o FNDE, que por sua vez pressiona o governo. Falta mobilização, luta! E infelizmente, apesar do meu senso de coletividade, tendo a pensar que enquanto eles lutam com seus XX mil nos bolsos, nós estamos sem nossos míseros R$300,00.

Fábio Pinheiro disse...

Palavras de um funcionário do INEP em resposta a um bolsita que anseia explicações sobre as bolsas: "Entendo os problemas com as bolsas..." "...Acho que esses problemas que vocês enfrentam em relação ao recebimento de bolsas devem ser levados aos secretários (as) de educação, prefeitos, MP local, imprensa, para que façam ser conhecidos da sociedade. Assim, me parece que independente da greve do FNDE , já há a algum tempo problemas com os pagamentos das bolsas. Para reverter isso é preciso lutar meu caro. Não vai melhorar se vocês não expressarem os problemas a quem de fato podem mudar as coisas. Não estamos em lados opostos, contra vocês bolsistas, mas sim bem próximos, por sermos também trabalhadores da educação. Convido a você e os outros bolsistas a como nós servidores do Inep se organizarem para reivindicar mudanças na situação..." "...lutem coletivamente. Uma andorinha só não faz verão."
Concordo com o funcionário do INEP, precisamos nos organirzarmos e enviar estas questões ao Ministério Público, que cada cidade em que há um grupo PET faça tal denuncia, não basta discutirmos e não viabilizar um protesto eficiente. Vamos elaborar esta denuncia. Sugiro que deixem sugestões. Vamos arregassar as mangas!!